Já disponível

Pergunte à Riot

Faça uma pergunta sobre League ou a Riot e tentaremos respondê-la. As respostas vão ao ar toda terça-feira pela tarde.

O que você quer saber?

Algo deu errado. Opa, tente perguntar de novo.

Obrigado por fazer uma pergunta!

Próximo artigo

A Matemática e a Arte da Popularidade dos Campeões

Lee Sin? Thresh? Yasuo? Graças aos dados (e a gráficos coloridos) podemos dizer quais Campeões são realmente os mais populares.

Oi, galera! Aqui é o NovaAsterix e estou aqui para revelar algumas ferramentas secretas que usamos para mensurar a popularidade dos Campeões na Riot. Spoiler: é mais complexo do que fazer uma busca no champion.gg e envolve muitos dados.

Quando calculamos a popularidade de um Campeão, dividimos a medida em duas dimensões conhecidas como amplitude e profundidade. Cada uma mede um tipo diferente (mas igualmente válido) de popularidade e juntas criam uma representação abrangente da popularidade de um Campeão.

Aviso: Contém matemática.


Os Cálculos

A equação básica da popularidade de um Campeão é bem simples:

Popularidade do Campeão = nº de jogadores diferentes que usaram o Campeão x nº médio de partidas que os jogadores usam o Campeão

Simplificando,

Popularidade do Campeão = amplitude x profundidade.

Nessa equação, amplitude é o número de jogadores diferentes que usaram certo Campeão durante qualquer período de tempo (como uma Atualização). Se você, seu amigo e aquele feeder da rota superior jogaram de Riven, vocês coletivamente somaram à pontuação de amplitude da Riven para aquele período de tempo.

Profundidade é o número médio de partidas jogadas com dado Campeão por jogador durante qualquer determinado período de tempo. Se você é o único jogador de Yorick do grupo, mas joga pra cacete com ele, você contribui sozinho para a pontuação de profundidade desse Campeão.

Amplitude e profundidade podem ser usadas como dois eixos de um gráfico e cada um dos quatro quadrantes criados representa um tipo diferente de popularidade… ou impopularidade.

É mais ou menos assim:

Campeões populares e impopulares são bem fáceis de ver. Vemos Campeões populares em muitas partidas (e até em postagens recentes do Blog de Clarividência); eles têm pontuações elevadas de amplitude e profundidade.

Campeões impopulares são aqueles que a maioria dos jogadores mal pensa a respeito, exceto quando eles estão fortes ou quando sofrem uma reformulação, como a Evelynn. Campeões impopulares têm pontuações baixas em amplitude e em profundidade (óbvio).

Campeões de nicho aparecem em partidas ocasionalmente, e quando isso acontece, costumam ter um poder unânime que será um saco de lidar, como alguém só joga de Illaoi. Campeões de nicho têm pontuação alta em profundidade, mas baixa em amplitude.

Um Campeão amplo costuma ser relativamente simples de usar e compreender, então mais jogadores podem usá-lo ocasionalmente por capricho, como Annie. Esses Campeões têm pontuação alta em amplitude, mas baixa em profundidade.

Vale a pena notar que Campeões amplos e de nicho podem ter popularidades semelhantes, mas a forma como eles são populares é bem diferente: um é por conta do número de jogadores diferentes que o utilizaram e o outro é pelo número de partidas por jogador.


A Arte

Essa era a popularidade dos Campeões quando a Atualização 7.16 foi lançada.

Mas é importante não tirar conclusões precipitadas com base numa única Atualização. Um Campeão pode estar forte, ou só ser escolhido por profissionais, ou talvez só tenha ganhado uma skin nova, tipo as Guardiãs Estelares. Todas essas coisas podem alterar a popularidade em uma única Atualização.

Quando olhamos bem mais para trás, para a Atualização 5.24, vemos o seguinte gráfico autoexplicativo.

A bela arte pode ser encontrada no seu museu local, na seção de Jackson Pollock. Mas falando sério, tem muita informação emaranhada nessa bagunça colorida. Vamos analisar.

(Note que cada ponto de inflexão representa uma Atualização e a linha que conecta os ponto fica mais grossa conforme a Atualização é mais recente. Logo, parte mais grossa da linha = Atualização mais recente.)

Voltando aos quatro quadrantes, aqui vão alguns exemplos de Campeões que permaneceram nas suas caixas. Illaoi já é uma Campeã de nicho há algum tempo, ao passo que Annie continua sendo uma Campeã ampla e acessível. Tem o sempre popular Lee Sin, e o impopular como sempre Karthus. Este gráfico mostra o que queremos dizer quando falamos de um Campeão popular, impopular, amplo ou de nicho.

Patch 7.16

Patch 6.16

Patch 5.24

Atiradores são um grupo único de Campeões: entre os +-20 atiradores, poucos se encontram na categoria impopular. Na verdade, aproximadamente metade de todos os atiradores se encaixam na categoria popular durante qualquer período. Uma teoria sobre a popularidade geral dos atiradores se deve ao fato de que 1/5 dos Campeões em qualquer partida do Summoner’s Rift sempre é um atirador (a menos que você seja uma cobaia que gosta de desafiar o meta… ou gênio).. Como apenas 1/7 dos Campeões de LoL são atiradores, há um número menor para se escolher e isso pode resultar na popularidade geral dos atiradores enquanto classe.

Outra coisa que pode contribuir para sua popularidade geral é que as habilidades necessárias para ter sucesso com qualquer atirador se aplicam a todo o elenco: o posicionamento é crucial e é tudo questão de maximizar o dano causado por meio de mecânicas com o clique direito. Isso significa que, se você se deu bem com um, esse conjunto de habilidades deve ajudá-lo a usar outro facilmente.

Talvez seja necessário criarmos mais atiradores para diferenciá-los mais, mas ainda há outra teoria que explica sua popularidade: muitos atiradores são humanoides e, aparentemente, pessoas gostam de jogar com (Campeões) pessoas.

Patch 7.16

Patch 6.24

Monstros têm uma vida difícil, já que são monstros e tal, mas também parece que os jogadores não os escolhem tanto quanto os humanoides. Dos oito monstros, nenhum é popular atualmente, sendo que apenas um foi popular desde que começamos a coletar esses dados (com exceção da Atualização de lançamento do Aurelion Sol). Uma teoria sobre a sua impopularidade é que talvez seja mais fácil se identificar com (ou aspirar a ser) uma caçadora de demônios sinistrona do que com um escorpião de cristal solitário.. Mas também é possível que nós, enquanto designer, ainda não tenhamos acertado numa fantasia ou kit que encontre ressonância em meio a essas criaturas.

Galio

Taric

Urgot

Warwick

Yorick

Dividir a popularidade entre amplitude e profundidade também nos permite mensurar melhor o impacto que as reformulações têm sobre a popularidade dos Campeões. Jamais queremos tornar um Campeão arbitrariamente mais popular. Em vez disso, queremos definir um alvo de design e levar o visual, a temática e o kit daquele Campeão em tal direção, até que ela se realize.

Por exemplo, nunca imaginamos que Urgot se tornaria o Campeão mais popular (nem sequer que apareceria no quadrante “popular”), então tentamos abraçar suas qualidades únicas para assim torná-lo o melhor e mais Urgot que um Urgot pode ser. Nesse caso, um dos nossos objetivos também foi tirar Urgot da categoria impopular e levá-lo à categoria de nicho. E parece que ele está seguindo nessa direção, mas ele ainda é recente, então só o tempo dirá.


Como nós usamos isso?

O nosso objetivo é criar Campeões de quem os jogadores gostem, seja para que todos queiram usá-lo ou para que alguns jogadores os escolham como principal. Ficamos felizes com qualquer uma dessas opções, mas a única coisa que não queremos fazer é criar um Campeão que acabe sendo impopular. Sempre queremos que nosso tempo e esforço resultem em personagens que os jogadores gostem e que deem vontade de jogar.

Mas esses dados não são tudo o que olhamos sobre os Campeões. Eles, na verdade, só nos fazem querer saber ainda mais sobre o que os jogadores gostam, coisas como: por que o Lee Sin é popular há mais de um ano e meio? Por que os jogadores gostam de usar determinados Campeões? Por que alguns grupos são menos populares do que outros? Responder a essas perguntas não é fácil e é possível que combinemos esses dados com outros trabalhos como o Dispositivo de Compatibilidade de Amizade dos Campeões para tentar encontrar respostas. Mesmo após todo esse tempo, ainda estamos aprendendo cada vez mais sobre os jogadores e são dados como esses que nos ajudam a criar e atualizar Campeões para que sejam legais de se jogar.

Isso é tudo por agora! Não deixe de contar para gente que outras teorias vocês captaram dos gráficos nos comentários abaixo.

Próximo artigo

HQs experimentais: as quatro primeiras